domingo, janeiro 17, 2010

Leveza - II

Aprendi que devo esperar.
Aprendi que devo respirar interiormente antes de fechar os olhos.
Aprendi que poucas palavras chegam para descrever o que sinto.
Aprendi que há olhares, palavras que ficam só para mim.
Aprendi.

4 comentários:

mixtu disse...

aprender para ser...

ouvir o sentir...

abrazo serrano

as velas ardem ate ao fim disse...

acho que preiso de ajuda....

abraço apertado

Uma boa parte de mim disse...

E é tão boa a descoberta que cada aprendizagem desperta, não é?
Certamente, na tua profissão, sabes bem que sim.
Beijinho.

P.S, mudei de casa... para aqui:
http://deixaentrarosol2.blogspot.com/

Carraça disse...

Gosto deste teu pensamento, aprendi com ele.
Bj