terça-feira, dezembro 04, 2007

Gelo

Ela caminhou muito durante semanas. Os seus cabelos voavam e o seu olhar estava calmo. Ela caminhou muito durante semanas e semanas. Sabia que percorrera um longo caminho por um motivo que só ela percebe. Caminhou muito durante meses. Quando finalmente chegou... percebeu que tinha estado muito tempo ausente e que ninguém a esperava. Caminhou muito durante muito tempo. Bastava-lhe um abraço quente. Caminhou... muito. Ninguém a esperava mas ela sabia que tinha regressado a casa, assim o quis. Sentou-se e esperou... Afinal alguém a esperava porque o seu olhar encontrou outro olhar e percebeu no seu íntimo que nunca mais quereria partir. O seu coração acalmou por momentos mas virou-se e viu que o olhar que a tinha recebido estava gelado.


Consegui entregar o projecto. Sim! ... mas ainda não estou a sentir o alívio. Estou cansada. Não dormi dois dias, não comi como deve de ser. Estou exausta. Estou a ficar velha... sinto-o no tempo que vou precisar para recuperar.
Quero...
A música é mesmo apropriada... é sempre... mas hoje é mesmo a tal!



3 comentários:

Boop' disse...

Não caminhes sempre sozinha!
Mesmo que parte da caminhada tenha de ser mesmo assim...

Dias disse...

A musica é mazita, desculpa, é a tal coisa dos gostos...

Fico desde já contente por teres entregue o projecto, mas confesso que já me tinha embrenhado tanto nos passos que o "olhar gelado" me incomodou.

Beijo de boas vindas

Água do Mar disse...

Parabéns pelo teu projecto...
E pela caminhada. O frio na cara faz-me sempre bem.