sábado, setembro 15, 2007

Perspectivas

Chegar a casa e ter a possibilidade de escrever aqui é tão bom... É bem diferente do que escrever no diário pedagógico que tantas vezes se confunde com os meus "sentires". Sei que esta não é a minha casa mas, mesmo sabendo tal facto, sinto-me, aqui e agora, confortável e quente.
Vim de um jantar em que a conta foi de um valor astronómico: 1540 euros. Impressionante! Se valeu a pena pagar cerca de 30 euros? Sim... quando se trata de um acontecimento importante para uma pessoa estimada... porque não? Já senti na pele a não presença de pessoas em jantares porque achavam caro (pessoas que podiam dar tal valor). Sim... vale a pena porque são também nestas alturas que percebo que o dinheiro não é tudo e que um abraço apertado que grita de saudade e o brilho nos olhos são bem mais importantes do que o euro.
O aniversário de um amigo de longa data é de comemorar... ainda por cima a sua entrada na casa dos trinta. Como podia faltar? Claro que me senti deslocada mas o que importa? O que sinto ou o que a minha presença representa? Parece que não existem dúvidas na resposta. As memórias fizeram-me companhia durante estas últimas horas e não me senti só. Há coisas que nunca mudam... não mudam mesmo nada. Aos poucos percebo que a minha vida dá voltas e voltas bem mais rápidas do que eu tinha dado conta... Se importa? Claro! Mudo a minha perspectiva das coisas e surpreendo-me a mim mesma com a minha calma... como neste momento.
"Bons sonhos" para ti também. Aliás... desejo todas as noites o mesmo.

Ligação a Perspectivas em http://www.simemusica.blogspot.com/

1 comentário:

Boop' disse...

São estranhos esses momentos - estamos deslocadas mas não estamos!
O que importa é que se está para alguém! É disso que são feitoa os laços, não é?

Beijo grande amiga!

(espero que não te sintas assim comigo e com o Carlos... ou talvez sintas um bocadinho!?)