quarta-feira, abril 18, 2007

Areias movediças


Quando ficas especado à minha frente... com os teus olhos nos meus apetece-me adormecer nos teus braços. As tuas mãos raramente me tocam, só o teu olhar me toca... e sei, agora, que não estou satisfeita. Quero mais! O problema é que sou tão tímida que desvio o olhar e o descanso fica só na minha cabeça. Se um dia me agarrares e não me deixares desviar o olhar... aí sim... vou perceber o que queres e eu poderei voltar a ser eu.

3 comentários:

existências disse...

Terás o que desejas, disso tenho eu a certeza, porque o amor demove qualquer coisa, ainda que seja a coisa mais controlada do mundo!

Um beijo muito grande!

mixtu disse...

há que deixar de ser tímida, embora o que é nosso Às nosas mãos virá um dia, parar...

abrazos

menina das sardas disse...

É difícil perder a timidez... e eu que o diga! Mas é preciso lutarmos pelo que queremos, mesmo havendo a possibilidade de esse alguém nos virar a cara. Pelo menos ficamos a saber se vira ou se mantém o olhar ;)
Força! :)